Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus (Mt 13,54-58)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus (Mt 13,54-58)

Religião

Glória a vós, Senhor.

Evangelho de Jesus Cristo: Naquele tempo, dirigindo-se para a sua terra, Jesus ensinava na sinagoga, de modo que ficavam admirados. E diziam: “De onde lhe vem essa sabedoria e esses milagres? Não é ele o filho do carpinteiro? Sua mãe não se chama Maria, e seus irmãos não são Tiago, José, Simão e Judas? E suas irmãs não moram conosco? Então, de onde lhe vem tudo isso?” E ficaram escandalizados por causa dele. Jesus, porém, disse: “Um profeta só não é estimado em sua própria pátria e em sua família!” 58E Jesus não fez ali muitos milagres, porque eles não tinham fé.

Palavra da Salvação.

Homilia

Não tenha medo de ser profeta entre os seus, ainda que você não seja, muitas vezes, recebido e compreendido.

Quando a casa, a família, acolhe um ao outro, acolhe as fraquezas e debilidades (porque achamos que por causa das fraquezas, daquilo que fazemos, não vamos nos escutar, não vamos dar ouvido, pelo contrário), o coração experimenta os milagres de Deus quando sabemos acolher a fraqueza do outro, quando sabemos acolher aquilo que vem do outro.

Se queremos receber o Reino de Deus, a primeira coisa é saber acolher. Saiba acolher e colher os da sua própria casa, da sua própria família, e não tenha medo de ser profeta na sua casa. Não tenha medo de ser profeta entre os seus, ainda que você não seja, muitas vezes, recebido e compreendido.

A pessoa pega um carro ou outros meios e vai rezar em muitos lugares distantes. Faça isso, e precisamos fazer mais ainda, levar mais longe o possível o Reino dos Céus. Mas não fazemos isso em casa, não rezamos com os nossos, não pregamos para os nossos, não meditamos a Palavra de Deus entre nós; a casa não consegue se reunir nem para fazer uma oração durante a refeição, não consegue um orar pelos outros.

Há de se ver casais pregando a Palavra de Deus para todos os lados, mas o que menos se vê são casais rezando um pelo outro, rezando com o outro, um colocando a mão na cabeça do outro e levando a graça de Deus para o seu em primeiro lugar. Há de se ver você levando a Palavra para os filhos dos outros, mas leve também para os seus.

Seja profeta na sua casa, na sua família, e será o grande testemunho que você vai dar para tantas outras casas e famílias. Que Deus nos abençoe!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.