Ao Vivo
Pular para o conteúdo
Evangelho de Jesus Cristo Eu sou a videira

Evangelho de Jesus Cristo Eu sou a videira

Glória a vós, Senhor. 

Evangelho (Jo 15,1-8): Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: “Eu sou a videira” verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que em mim não dá fruto ele a corta; e todo ramo que dá fruto, ele a limpa, para que dê mais fruto ainda. Vós já estais limpos por causa da palavra que eu vos falei. Permanecei em mim e eu permanecerei em vós. Como o ramo não pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira, assim também vós não podereis dar fruto, se não permanecerdes em mim. 

Eu sou a videira e vós os ramos. Aquele que permanece em mim e eu nele, esse produz muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Quem não permanecer em mim, será lançado fora como um ramo e secará. Tais ramos são recolhidos, lançados no fogo e queimados. Se permanecerdes em mim e minhas palavras permanecerem em vós, pedi o que quiserdes e vos será dado. Nisto meu Pai é glorificado: que deis muito fruto e vos torneis meus discípulos. 

  Palavra da Salvação. 

 Homilia 

No Evangelho: usamos a parábola da videira como mensagem para a nossa vida. O Pai, o agricultor, Jesus, a árvore, nós, os ramos. Os ramos, ligados à árvore, recebem dela a seiva que os alimenta e os fazem dar flores e frutos. Quando os ramos caem da árvore, eles morrem. E os ramos que estão secos, feios, desarrumados, são podados, para que cresçam mais bonitos. 

Assim também, nós quando estamos ligados a Jesus, mesmo que seja tempo de secura, mantemos o nosso interior adubado e somos ramos que produzem os frutos de paz, de alegria, de fortaleza, de bondade, pois a seiva do Espírito Santo nos refresca e nos ajuda a dar testemunho da presença do Amor de Deus em nós. Se nos afastamos de Jesus e ficamos sem receber a seiva do Seu Espírito, nós deixamos de oferecer frutos bons e ficamos como ramos secos, tristes, angustiados (as), temerosos (as), não temos, paz nem alegria.  

O Pai que é o Agricultor cuida de nós para que permaneçamos juntos à árvore, que é o Seu Filho Jesus e recebamos a seiva do Seu Amor que é o Espírito Santo. Por isso, Ele nos poda, nos apara e corta de nós os apegos, às vezes, os bens e até pessoas que poderiam nos impedir de sentir o Seu amor, que Deus nos abençoe. 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: