Agricultor morre soterrado em obra de açude no Sítio em Icó

Agricultor morre soterrado em obra de açude no Sítio em Icó

Segundo familiares, o açude era um sonho do agricultor

Um agricultor de 64 anos morreu soterrado em obra de ampliação de um açude no sítio onde morava, na zona rural de Icó, interior do Ceará, nesta quarta-feira (4). O acidente ocorreu por volta de 9h15 e o corpo do idoso, identificado como Geraldo Nogueira do Nascimento, foi encontrado por volta das 13h pelo Corpo de Bombeiros de Iguatu. A Polícia Militar de Icó e a Perícia Forense também foram acionados para atender o fato.

Segundo familiares, ele media a altura da escavação quando o acidente aconteceu, no Sítio Maracanã, de propriedade do agricultor.

“Tavam fazendo um açude, ele foi medir a altura, aí caiu a barragem todinha por cima dele”, contou a nora da vítima, Mikaelle Nogueira Gomes. Ainda de acordo com ela, o açude era um sonho do agricultor. 

Agricultor Geraldo Nogueira do Nascimento, 64 anos, morre soterrado em obra de açude na zona rural de Icó
Foto: Foto: Arquivo Pessoal
Legenda: Agricultor morre soterrado em obra de açude no sítio Maracanã, zona rural de IcóFoto: Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros

Os bombeiros que atenderam a ocorrência receberam informações de que Geraldo Nascimento se preparava para a próxima quadra invernosa e, por isso, tinha intenção de ampliar a represa no sítio.

“Já havia o açude, ele estava só aumentando. Era um açudezinho dentro da propriedade dele e ele aproveitou pra aumentara a parede do açude, aumentar a capacidade e poder captar mais água”, informou o tenente-coronel Nijair Araújo, comandante do 4º Batalhão de Bombeiros Militar em Iguatu.

Agricultor Geraldo Nogueira do Nascimento, 64 anos, morre soterrado em obra de açude na zona rural de Icó
Foto: Foto: Arquivo Pessoal
Legenda: Agricultor morre soterrado em obra de açude no sítio Maracanã, zona rural de IcóFoto: Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros

Ainda segundo o tenente-coronel, o agricultor contratou um serviço para a ampliação da represa.

A ocorrência foi atendida pela guarnição de Busca e Salvamento dos Bombeiros Militares de Iguatu, composta pelo subtenente César, subtenente Cleto e soldado Fernandes. Fonte: Bombeiro de Iguatu e Diário do Nordeste.

Entre e Participe: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.